Páginas

24 de maio de 2004

Vamos celebrar a estupidez humana?

Hoje de manhã eu realmente acordei quando ouvi essa música. Eu já tinha levantado da cama, tomado um banho, escovado os dentes, etc. Sai de casa, entrei no carro, liguei o rádio e parti para o meu trabalho. Até ai tudo no modo automático.

Mas depois de alguns minutos ouvindo Legião, tocou Perfeição e uma luz se acendeu sobre a minha cabeça. A música simplesmente se conectou com o meu subconsciente.

Nesse final de semana eu li dois artigos na revista Super Interessante que me colocaram pra pensar. Um dos artigos é com um entitulado "filósofo pop" chamado Peter Singer e o outro é sobre o impacto da economia na ecologia (ou vice-versa).

Resumidamente os dois artigos mencionam o crescimento da população mundial como um problema para o ser humano. Um fato que fica claro é: do jeito que estão indo as coisas agente não vai durar muito.

Vocês sabiam que todo ano a China aumenta a sua população em um número equivalente ao de todos os moradores da grande São Paulo? Uma das propostas do filósofo pop para amenizar o problema do crescimento da população mundial é que quando um casal desse a luz à uma criança com uma grave deficiência, eles pudessem optar por manter a criança viva ou não. Essa proposta parece absurda para você?

O que dá base para essa proposta é a questão da consciência versus o sofrimento. A idéia é sempre amenizar o sofrimento. Um exemplo é uma criança que nasce sem cérebro. Neste caso ela viveria uma existência de sofrimento e não teria consciência disso. Qual é o sentido nessa existência?

A idéia do filósofo pop é interessante, mas ao mesmo tempo questiona muitas coisas que são tomadas como verdades universais. Como por exemplo o direito à vida ou coisas que nos são ensinadas pela religião. Por causa disso ele já foi muito criticado e até chamado de nazista. Mas o fato é que ele está sendo racional e efetivamente está utilizando sua capacidade de pensar em direção a algo que ele julga correto. O que se deve fazer não é simplesmente negar as propostas dele pois existe verdade no problema que ele busca solucionar. Mas as vezes somos preguiçosos demais pra pensar no assunto.

O outro artigo discute mais os aspectos da economia, na verdade a ecoeconomia. O fato é: os recursos naturais estão cada vez mais escassos. Porém a economia não para de crescer. E para piorar a equação o número de pobres e miseráveis não teve nenhuma queda drástica. A fome continua a ser um problema de escala global.

Não é preciso ser pessimista para entender que temos um problema declarado e que se não fizermos algo, com certeza o modo de vida atual se tornará inviável, existindo a possibilidade de extinção da raça humana.

Ok, pode parecer tolice ou exagero. Mas para pra pensar: pra onde vai todo o lixo que você produz? Imagine que você fosse o único responsável por dar um fim a todo esse lixo, o que você faria? É por aqui que podemos começar a pensar. O que nós podemos fazer? Por que nós somos os responsábeis.

Ou vamos simplesmente continuar cantando:
Vamos celebrar a estupidez humana
A estupidez de todas as nações
O meu país e sua corja de assassinos
Covardes, estupradores e ladroes

Vamos celebrar a estupidez do povo
Nossa polícia e televisão
Vamos celebrar o nosso governo
E nosso estado que não é nação

Celebrar a juventude sem escolas
As crianças mortas
Celebrar nossa desunião

Vamos celebrar Eros e Thanatus
Perséphone e Hades
Vamos celebrar nossa tristeza
Vamos celebrar nossa vaidade

2

Vamos comemorar como idiotas
A cada fevereiro e feriado
Todos os mortos nas estradas
E os mortos por falta de hospitais

Vamos celebrar nossa justiça
A ganância e a difamação
Vamos celebrar os preconceitos
E o voto dos analfabetos

Comemorar a água podre
Todos os impostos, queimadas, mentiras e sequestros
Nosso castelo de cartas marcadas
O trabalho escravo e nosso pequeno universo

Toda a hipocrisia e toda a afetação
Todo o roubo e toda a indiferença
Vamos celebrar epidemias
É a festa da torcida campeã


3

Vamos celebrar a fome
Não ter a quem ouvir
Não se ter a quem amar

Vamos alimentar o que é maldade
Vamos machucar um coração
Vamos celebrar nossa bandeira
Nosso passado de absurdos gloriosos

Tudo o que é gratuito e feio
Tudo o que é normal

Vamos cantar juntos o hino nacional
(A lágrima é verdadeira)
Vamos celebrar nossa saudade
E comemorar a nossa solidão


4

Vamos festejar a inveja
A intolerância e a incompreensão
Vamos festejar a violência
E esquecer a nossa gente
Que trabalhou honestamente a vida inteira
E agora não tem mais direito a nada

Vamos celebrar a aberração
De toda nossa falta de bom senso

Nosso descaso por educação

Vamos celebrar o horror de tudo isso
Com festa, velório e caixão
Está tudo morto e enterrado agora
Já aqui também podemos celebrar
A estupidez de quem cantou essa canção


5

Venha, meu coração está com pressa
Quando a esperança está dispersa
Só a verdade me liberta
Chega de maldade e ilusão

Venha, o amor tem sempre a porta aberta
E vem chegando a primavera
Nosso futuro recomeça
Venha, que o que vem é perfeição

2 comentários:

Flor disse...

Cara..hj passei pela mesma situação.. algumas letras nos fazem parar e pensar.. E aí estamos fazendo a coisa certa?
Otimo texto. Parabéns!

Marcel disse...

sei q essa postagem ja eh bem antiga, mas não posso ignorar seu texto. eu compartilho uma ideia semelhante a que vc citou no texto, porem minha ideia eh mais radical, e eu creio que se as pessoas tevessem o minimo de logica o mundo nao estaria em caos. eu tenho em mente que o mundo só está deste jeito por dois motivos: o primeiro eh a etica comum que todos os seres humanos possuem, essa eh a etia que fazia o mundo não entrar em um estado de "caos e desordem" e levou o mundo a um caos ainda maior que eh tudo por que o mundo está passando nos dias de hj, fatores que contribuiram para o agravamento dessa etica foi a religião e esses dias me veio a mente: a etica religiosa prega contra o aborto. se mulheres fizecem abortos qnd não quizecem seus filhos o mundo estaria mt menos lotado. e foi a que começaram a vir mais e mais pensamentos sobre etica que me fez pensar no segundo motivo do mundo estar desse jeito: os avanços tecnologicos, axo que vc concorda comigo quando eu falo que se a medicina não estivesse tão avançada uma menos quantidade de vidas seriam salvas e com uma menor quantidade de vidas salvas a população estaria bem menor alem de diminuir o numero de natalidade e o tempo de vida, desse jeito haveria menas pessoas logo as passoas não passariam fome, todos teriam uma casa omde poderiam morar confortavelmente logo a criminalidade cairia bruscamente pois haveria trabalho para todos e o mercado de trabalho não iria ser olhado com temor pelos jovens.
em resumo, os avanços tecnologicos colaboraram para que as pessoas "deixassem de morrer" causando assim a super população no mundo de hj.

Ps.: São raras as pessoas que conseguem intender essa ideia espero que as mesmas não se sintam ofendidas por algo que não compreenderam ou que compreenderam mal, oq eu falei aqui não eh nada mais que a simples verdade. UM DIA AS PESSOAS IRÃO APRENDERÃO COM OS ANIMAIS E NÃO OS CAÇARÃO, TLVZ NAQUELE DIA O MUNDO SAIA DA CALAMIDADE!